A lógica Fuzzy

Economiaenegocios Artigos 21 Maio / 2014 Quarta-feira por Georges Le Brun De Vielmond

A Fuzzy converte informações vagas da linguagem em formato numérico facilmente processado pelos computadores ( ex: altura: baixo: 0,2; alto: 0,6: muito alto: 0,9).
A Fuzzy, como nosso cérebro, utiliza as redes neurais para simular o pensamento humano através da valoração de palavras.

Resumindo, a Fuzzy lida com informações imprecisas, incompletas ou duvidosas.

Histórico

Foi Lotfi A. Zadeh que sistematizou a Fuzzy em 1965. Esse tipo de lógica, por ser similar ao raciocínio humano, embora não normatizada, existe há muitos séculos ou, para dizer melhor,
acompanhou, desde sua origem, a evolução do cérebro animal.

Passando por Plato que se referiu a uma terceira zona entre o "falso" e o "verdadeiro" convém lembrar Hegel, Marx,Engels e, em particular, Lukasiewicz como precursores da Fuzzy.

Enfim não se pode esquecer Bayes (clérigo inglês) cujo teorema (1763) lida,igualmente, com informações imperfeitas.


Probabilidades e Possibilidades

A Fuzzy lida com possibilidades, não com probabilidades.

As probabilidades informam sobre o grau futuro de realização de um determinado evento. A Fuzzy indica o valor, subjetivo (?), atual para a realização de determinado evento.


Aplicações

# controles industriais cuja complexidade matemática requer uma simplificação;

# determinação de padrões:

# identificação de fraudes;

# aplicações clínicas;

# previsões em geral;

# análise de dados;

# sistemas financeiros;

# tomada de decisão (pesquisa operacional).

## a Fuzzy, ainda pouco utilizada no Brasil, tem um leque muito amplo de aplicações no Japão, nos USA e na Europa,desde máquinas de lavar roupa até Controle de tráfego urbano.
Inclusivo existe uma simbiose muito promissora entre a Fuzzy e Redes Neurais artificiais.


Síntese

A grande vantagem da Fuzzy é de ser mais humana por ser mais adaptável ao nosso modo de pensar. Sobretudo, simplifica a resolução de problemas porque tem poucas regras e o uso de
conceitos falados facilita seu uso. A Fuzzy é leve tanto no seu processo como rápida, em particular, na construção de protótipos e de projetos pilotos.

Mas existe uma desvantagem de peso.Um fato que,geralmente, é esquecido por alguns adeptos dessa lógica :

Se a Fuzzy pode simplificar o processo de conhecimento ela não substitui nem o conhecimento, nem e a experiência imprescindíveis e especializados dos seus operadores........sob pena de cair na área da "achologia"...... mais do que comum, hoje .

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes