Pinhão e polenta suplementam alimentação dos animais do Gramadozoo

Noticias Meio Ambiente 17 Julho / 2017 Segunda-feira por Gramadosite

Além de recintos climatizados, os animais estão recebendo reforço calórico na alimentação. O pinhão, a polenta, o amendoim e a bergamota integram o cardápio especial da estação gelada. Os animais também são submetidos a atividades aeróbicas para movimentar o esqueleto.

Com alto valor energético, o pinhão complementa a dieta de primatas, ouriços, papagaios, maitacas, gralhas e araras que vivem no zoo. “No inverno, acrescentamos alimentos mais calóricos e frutas da estação como a bergamota, que é rica em vitamina C. Já o pinhão, que possui 22 calorias, faz parte da alimentação de aves e macacos”, afirma o veterinário Renan Stadler, responsável técnico do Gramadozoo.

O veterinário explica que o pinhão ainda proporciona enriquecimento ambiental e contribui para recriar o habitat de aves oriundas de florestas de araucária, como o papagaio-charão e a gralha-azul. "Com o reforço na alimentação, nosso índice de internação hospitalar é zero”, diz Stadler.

ZOO QUENTE
Das cidades brasileiras que possuem zoológico, Gramado é a de inverno mais rigoroso. No entanto, o clima da região não interfere no conforto dos habitantes do zoo. Todos os recintos possuem áreas climatizadas para garantir qualidade de vida mesmo às espécies típicas de clima quente.

Segundo o responsável técnico do zoo, alguns animais ficam em ambientes especiais com aquecimento praticamente durante todo o inverno. É o caso dos jabutis. Já as cobras, contam com uma lâmpada especial que emite calor. “Além do aquecedor, a lâmpada ajuda a manter o recinto aquecido”, explica. Os primatas contam com estufas em seus recintos. “Temos alguns macacos-prego que não abrem mão do cobertor”, diz o veterinário.


Clique aqui e compre agora seu ingresso para o Gramado Zoo

Museus, Parques, Tours, já sabe onde ir? Clique e compre seu ingresso.

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes