Olhares

Cultura Poesia 12 Julho / 2018 Quinta-feira por Cassiano Santos Cabral

Olhei dentro do tempo

Encontrei a lua no varal

Ao balanço do vento

Perpetuando sentimentos

Redimindo ausências

Pelos dias sem sol

Chuva miúda em nós

Aos olhos do rosto

Em cinzentas emoções



E dentro do túnel das horas

Interpretei silêncios

Abanei poeiras

E descansei na praça

De graça e sem pressa

No banco da infância

Lembranças floridas

Ao entardecer de abril

Sob a bênção do outono



Senti o peso dos anos

E danos sem fim

Mas congelei segundos

Dentro de mim...

E no encontro da esperança

Conversei com a avó

E não me senti mais só

Migalha de sonho bom

Vestido de azul

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes