Equipe Capaverde Dog Run reúne apaixonados por corridas e pets

Esportes Notícias 30 Agosto / 2017 Quarta-feira por Gramadosite

No próximo dia 2 de setembro, cinco das duplas de tutores e seus pets que fazem parte da Equipe Capaverde Dog Run, de Porto Alegre, participarão da Vai Totó Caxias, no Parque Getúlio Vargas, centro da cidade, a partir das 15 horas. Se é na Região Sul que se concentra o maior número de cães de estimação – segundo dados do IBGE de 2013, 58,6% dos domicílios possuem um ou mais cachorros – e se as corridas de rua ganharam nos últimos anos milhares de adeptos em todo país, porque não unir as duas coisas? Foi o que pensou Renata Capaverde ao criar a Capaverde Dog Run há pouco mais de um ano, com a proposta de treinar cães e seus tutores, com auxílio de corrida e/ou caminhada orientada.
Renata é uma apaixonada por corridas e cachorros. Quando se aposentou das piscinas – foi atleta do Grêmio Náutico Gaúcho – passou a correr, em seguida a participar de corridas de rua e frequentar os pódios em circuitos de 7, 8 e 10 quilômetros em provas por todo estado. Participou também de meias maratonas pelo Brasil e no exterior como em Lima (Peru), Montevideo (Uruguai) e Buenos Aires (Argentina). Ao adotar a Nutella, uma cachorra hiperativa, resolveu que iriam correr juntas. Para treiná-la se profissionalizou. Além de Educadora Física formada pelo IPA, se tornou Adestradora de Cães certificada pela Federação Brasileira de Adestradores de Animais (FBAA), com curso de Comportamento Social Canino e Felino pelo SEDA (Secretaria Especial de Direitos Animais).
Hoje é comum ver Renata, seus alunos e “aulunos” correndo pelas ruas da capital durante os treinos. Ela treina atualmente 15 pets. Nas duas edições da Vai Totó realizadas em Porto Alegre, duplas integrantes da Capaverde Dog Run subiram ao pódio. Mas o maior ganho da equipe tem sido a transformação na vida de tutores e pets. Há casos de cães que deixaram de ser arredios, agressivos, agitados e de tutores que sentiram melhoras em problemas de saúde.
Importante ressaltar que antes de começar o treinamento é feito um primeiro contato em que Renata vai até a casa do tutor, eles conversam e definem os objetivos, para depois saírem juntos – tutor, o seu cão e a treinadora/adestradora – e ela poder observar o comportamento do cachorro durante passeio na rua. A partir daí é que será prescrito o exercício que melhor se adequa a ambos. Para o tutor será pedido atestado médico e para o cão a Capaverde Dog Run conta com uma veterinária para as avaliações necessárias.


Equipe Capaverde Dog Run inscrita na Vai Totó Caxias (tutoras e pets, respectivamente):

1 – Renata e Nutella
2 – Jack e Maya
3 – Manoela e Penélope
4 – Luiza e Nala
5 – Débora e Cuca

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes