Lampião o Mata Sete, Um agressivo, maldoso e inconsequente livro eivado de enxurrada de inverdades

Discutir se Lampião e Maria Bonita eram bandidos ou heróis é História. Mas, publicar um livro ressaltando inveridicamente a orientação sexual do casal e tantas outras leviandades é violar a privacidade e intimidade da própria família Ferreira, seus remanescentes, sem qualquer interesse histórico, científico ou jornalístico. Com certeza isso não é construir história é fazer histrionia, histrionice, histrionismo.

Continuar lendo

Uma insensata resolução na segurança pública de São Paulo

Dentro dessa espécie de guerra urbana e social contra a violência diária, contra a marginalidade que cresce assustadoramente, contra a criminalidade que aumenta gradativamente a todo tempo em todo lugar, comprova-se que o Estado protetor mostra-se ineficiente para debelar tão afligente problemática e por isso teima em produzir programas, atos e resoluções emergentes que surgem e insurgem sem atingir os seus reais objetivos, quais sejam, beneficiar a população.

Continuar lendo

O Lampião e o fogo da Maranduba

O ferrenho combate denominado “Fogo da Maranduba”, ocorreu no dia 9 de janeiro de 1932, na Fazenda Maranduba, município de Poço Redondo, aqui no nosso querido Estado de Sergipe, cujo intenso e sangrento tiroteio é considerado um dos três maiores enfrentamentos entre cangaceiros e policiais volantes na história do cangaço.

Continuar lendo

Traição e morte dentro do cangaço

Consta na história que o sanguinário e impiedoso cangaceiro Zé Baiano, chefe de um dos grupos de Lampião, atuava principalmente na região de Frei Paulo e adjacências, no nosso querido Estado de Sergipe, inclusive era um rico bandido que tinha a audácia de também ser um forte agiota, emprestando dinheiro a juros exorbitantes para fazendeiros e comerciantes daquelas cercanias.

Continuar lendo
Sobre o autor

Delegado de Policia há mais de 24 anos, Pós-Graduado em Gestão Estratégica
de Segurança Publica pela UFS. Titular em quase todas as Delegacias da
capital, além de ter exercido os cargos em Direção do COPE, COPCAL, COPCIN
e CORRREGEDORIA-GERAL da Polícia Civil de Sergipe ...

Mais sobre o autor