Férreo: o novo restaurante de Canela

Noticias Turismo 30 Janeiro / 2019 Quarta-feira por Gramadosite

Retire seu ticket no guichê, dirija-se à plataforma e embarque nessa experiência gastronômica. Bem-vindo ao Férreo, novo restaurante de Canela que abre suas portas no próximo dia 31 de janeiro.

Localizado na Estação Campos de Canella, projeto que revitalizou a antiga estação de trem da cidade, transformando o endereço no novo ponto turístico e comercial de Canela, o Férreo mistura o conceito de estação férrea na decoração e a proposta de restaurante e fiambreria na gastronomia.

Antes mesmo de abrir a novidade já tem credenciais de respeito, é dos mesmos sócios dos já consagrados Empório Canela e Magnólia. O cardápio, criado pelo chef Manoel Oliveira, traz a proposta de petiscos e tábuas para serem compartilhados e pratos simples, mas com tempero impecável.

As tábuas, que prometem ser um dos carros-chefes da operação, trazem o gostinho especial da fiambreria a base de queijos e embutidos regionais. O queijo, por sinal, tem um lugar de destaque no menu. A raclette - queijo aquecido que, à medida que derrete, é raspado diretamente no prato e servido com acompanhamentos -, é uma das apostas da casa.

Entre os pratos, clássicos como a parmegiana servida em diferentes opções (carne, frango e vegetariana) e carnes como o prestigiado entrecot. Sanduíches e petiscos também estarão no menu do novo empreendimento dos sócios Fernanda Chies, Kiko Kroeff e Alan Erthal.

Adega self-service e mesas dentro do vagão

Aberto o dia inteiro, das 11h30 às 23h, as opções são para qualquer hora do dia. Na carta de bebidas, uma atração à parte: uma adega de respeito oferece dezenas de rótulos de vinhos. A proposta é descomplicar: o cliente pode entrar, consultar os preços, escolher e levar a sua garrafa para a mesa. O vinho também estará presente nos drinks, com opções como o clericot.

Dos 110 lugares que o restaurante oferece, alguns são especiais, dentro do vagão original do trem revitalizado pela Estação Campos de Canella. A ideia é brincar com a primeira classe do trem, onde bancos em veludo bordô, toalhas brancas e cortinas pomposas fazem o cliente entrar no clima.
Com endereço bem no centro, em frente à Praça João Corrêa, e dentro do mais novo empreendimento turístico da cidade, o Férreo já nasce com a expectativa de ser um dos principais restaurantes de Canela. “Nossa aposta é simplificar o serviço e o cardápio com pratos e bebidas para todas as possibilidades e horários. Além da gastronomia, o Férreo vai trazer também um ambiente realmente diferenciado para brincar com a temática da estação de trem”, destaca Fernanda Chies, sócia do restaurante.

Um projeto nos trilhos

Transpor a atmosfera de uma verdadeira estação de trem para dentro do restaurante foi o desafio de Niçara Ecke Ody, arquiteta responsável pelo projeto do Férreo. Elementos clássicos deste universo como arcos de ferro, guichês de ticket, placas de sinalização e muito ferro estão dispostos pelo ambiente para levar os visitantes a uma viagem no tempo.

Brincando com a temática, um relógio de ferro feito pelo artista Bino Ferreira avisa na parede o horário do embarque. Engrenagens e sons despertam a curiosidade e dão o clima de estação. Na fiambreria, uma parede clássica de azulejos brancos é o cenário para um balcão projetado por Niçara e desenvolvido pela Farm Home que lembra os antigos armazéns.

A paleta de cores com o preto do ferro, toques de madeira do mobiliário e tons de verde claro compõem o ambiente. A reprodução de uma obra do artista Willian Richard feita a carvão estampa a parede e lembra o combustível das antigas locomotivas.

“Não faltam elementos que remetem à estação: a pintura da locomotiva, o gradil, as placas de identificação, arcos de bilheteria de ticket… tudo isso está no projeto”, explica a arquiteta destacando ainda que alguns elementos originais da estação onde agora irá funcionar o Férreo também foram mantidos, como o parquet e o forro. “Garimpamos muitas peças em antiquários e viagens, uma espécie de assinatura dos nossos três restaurantes, no Férreo, por exemplo, temos malas antigas, chopeira de porcelana e uma fatiadora de frios restaurada”, salienta Fernanda.

O restaurante e fiambreria Férreo abre oficialmente dia 31 de janeiro e irá funcionar de terça a domingo das 11h30 às 23h.

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes