• É neste prédio que se encontram os astros e estrelas do cinema latino durante o Festival de Cinema.
  • A sala de projeção, com espaço para acomodar 1.500 pessoas sentadas, incluindo o mezanino, funciona durante todo o ano, mas o auditório também serve de palco para outros eventos.
  • No hall de entrada do Palácio dos Festivais, encontra-se uma escultura do kikito, o cobiçado troféu entregue aos vencedores do Festival de Cinema, criação de Elisabeth Rosenfeld, pioneira no artesanato de Gramado.

  • Com a reforma da Avenida Borges de Medeiros, que passa em frente ao prédio, o entorno do Palácio dos Festivais ganhou um outro atrativo: o “Caminho das Estrelas”.
    Inspirado na Calçada da Fama de Hollywood, o caminho reúne placas de bronze nas quais personalidades do cinema e pessoas que contribuíram para que o Festival de Gramado alcançasse a magnitude que tem hoje deixaram suas marcas.

  • Outra novidade que veio com a Nova Borges é que o Palácio está interligado com a Rua Coberta mesmo nos meses em que o tapete vermelho não está estendido.
    A obra incluiu o nivelamento da rua com a calçada em frente ao cinema, embelezada por mosaicos de pedras basálticas que formam o desenho de um kikito, além das figuras de Oscarito e Eduardo Abelin.

  • Dica da GramadoSite.com:
    Preste atenção quando passar por ali, pois o trânsito é liberado naquele trecho da rua e os motoristas podem não ver os pedestres mais desatentos. Escolha um lugar seguro para fotografar o Palácio dos Festivais e faça cliques à vontade!

    Palácio dos Festivais

    Palco do cinema latino

    Por Taís Seibt, Fotos Arthur Silveira