• As cores do outono somadas ao clima serrano deixam a Região das Hortênsias com ares ainda mais europeus nesta época do ano. O vento frio, às vezes cortante, leva folhas secas pelo ar, formando no chão tapetes coloridos de tom amarelo-avermelhado.
  • Não por acaso esta região está inclusa na chamada Rota Romântica do Rio Grande do Sul. Para quem vem a Gramado no outono, o caminho mais bonito é via Nova Petrópolis. A estrada é emoldurada por plátanos, com sua folhas ressecadas pela estação. Um cenário paradisíaco, cinematográfico, ou, como define o próprio nome da rota, romântico!

  • De prático, traga roupas leves e também algumas peças mais pesadas. É característico do outono a amplitude térmica: dias muito quentes se intercalam com outros muito frios. Houve um outono em que o frio chegou a 5ºC! Às vezes até no mesmo dia a temperatura varia dos 5ºC aos 25ºC! É que, mesmo quando o tempo está limpo e faz calor durante a tarde, à noite a temperatura cai. Portanto, nunca saia para passear sem carregar um casaquinho na sacola, pois na hora de voltar o frio já estará chegando. De manhã cedo, a temperatura também costuma ser mais amena.

    Máquina fotográfica! Não esqueça de jeito nenhum! Você não vai querer perder os cliques destes cenários, vai?

  • Um lugar que pede uma caminhada durante o outono é o bairro Planalto, zona residencial no entorno do Lago Joaquina Rita Bier. Por ali, verdadeiros corredores em tons ocre se formam com as folhas das árvores ressecando ao sabor outonal. As ruas e parques de Gramado ficam um charme no outono, graças ao paisagismo proporcionando pelas árvores do tipo liquidâmbar.

  • São aquelas árvores de folhas miúdas, com formato semelhante às folhas de plátano. Pelas ruas de Gramado, há cerca de 5mil exemplares dessa planta. Não sobra nada nos galhos! As folhas ficam todas pelo chão, formando um tapete vermelho para receber os visitantes.