• O conceito de casamento andou mudando nos últimos anos, tanto aos olhos da sociedade, como aos olhos da Lei. Apesar disso, casar na igreja ainda não está de todo ultrapassado. A tradição de usar vestido branco e cruzar o tapete vermelho ao encontro do noivo no altar continua no imaginário das mais sonhadoras. Os cenários românticos da Serra Gaúcha são ainda mais convidativos para dizer um “sim” apaixonado. Dá até vontade de casar! Quem sabe você já não aproveita as dicas da GramadoSite.com para começar a organizar a cerimônia?

  • Casamento na igreja é um rito de bênção e satisfação à família, aos amigos e à sociedade, um ritual para sacramentar o amor do casal. Tapete vermelho, marcha nupcial, véu e grinalda. Velas, flores e trilha sonora interpretada em coro ou violino. As opções para emoldurar a troca de alianças são muitas. O que não significa que não haja regras para seguir antes de beijar a noiva diante do padre ou do pastor. Casar em Gramado também tem suas normas.

  • Cartão-postal de Gramado, a Igreja do Relógio está no topo de um morro, no centro da cidade, mostrando as horas para quem olha para o céu. Se este local for o escolhido para acertar os ponteiros entre os noivos, comecem por consultar a disponibilidade da data na secretaria da Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil – IECLB Apóstolo Paulo. Estejam preparados para conversar com o pastor! Ele vai querer saber por que o casal escolheu abençoar sua união em Gramado, se faz parte ou não de outra comunidade luterana, talvez pergunte um pouco mais sobre a vida e a fé dos noivos.

    Tendo a aprovação do pastor, podem ser acertados os detalhes: dia, horário, quem será o presidente da cerimônia e como ela vai acontecer. Há, inclusive, a possibilidade de celebrar um casamento ecumênico, para o caso de cada um ter sua religião e pretender continuar seguindo a sua doutrina, mesmo depois de casados. É cobrada uma taxa para a utilização da Igreja do Relógio, que tem capacidade para 200 pessoas, num ambiente com ares alemães. As fotos com certeza ficarão um charme! Não só a igreja em si pode servir como pano de fundo, mas também a cidade vista lá de cima.

  • A Igreja Matriz está no miolo de Gramado, bem em frente à praça central e ao Palácio dos Festivais, na avenida recém revitalizada, a Borges de Medeiros. O cenário no entorno é um luxo só! Construída em pedras basálticas entre as décadas de 1930 e 1940, enriquecida por 15 vitrais, a Matriz de Pedras é um destino procurado por muitos pombinhos para jurar amor até o fim de seus dias em nome de Deus.

    A documentação é necessária, pois a Igreja Católica exige que a paróquia originária do casal autorize que o matrimônio seja celebrado em Gramado. Um padre da paróquia São Pedro assiste ao sacramento. Caso outro sacerdote seja convidado para celebrar, por ser amigo do casal, por exemplo, o pároco gramadense também deve autorizar por escrito que o padre convidado presida a cerimônia. Os paroquianos não pagam taxa para a utilização da igreja. Quem vem de fora deve ajudar a cobrir algumas despesas de manutenção, mas o valor varia conforme o número de convidados e a interferência no andamento das atividades paroquiais, bem como na estrutura do prédio em função da decoração.

    Se um dos noivos mora em Gramado, a papelada pode ser encaminhada pela paróquia gramadense. Se os dois forem de fora, os documentos devem vir prontos da paróquia de origem dos noivos. Certidão de nascimento ou casamento civil e comprovante de endereço são alguns dos papéis exigidos. A recomendação é de que os noivos comecem a encaminhar a parte “burocrática” do casamento com pelo menos seis meses de antecedência. As datas são concorridas, até por isso é bom se antecipar.

  • Se o casal for mais cheio de caprichos e escolher casar na capela onde aconteceu a história do Quatrilho, na Linha Tapera, na zona rural de Gramado, ou em alguma outra igreja com cara de interior, basta um contato com a secretaria paroquial. As capelas estão a disposição, tudo é uma questão de ajuste. Para celebrações ainda mais ousadas, em fazendas ou outros locais ao ar livre, converse com o padre ou pastor e planeje seu casamento dos sonhos!

  • O Serrano Resort inaugurou sua capela em dezembro de 2007. Em meio a um bosque no pátio do resort, a capelinha é envidraçada na entrada e nos fundos, decorada com lindos vitrais que retratam a via sacra nas laterais e embelezada por uma escultura de Jesus Cristo que aparece pelo vidro atrás do altar. Ideal para celebrações mais íntimas, pois tem espaço para 60 pessoas, a capela do Serrano fica o próprio paraíso à luz do dia, com os raios de sol entrando pelos vidros e contrastando com os afrescos no teto do templo, representando o céu.

    A capela do resort faz parte da paróquia São Pedro e recebeu o nome de Cristo Ressucitado. Para realizar a celebração ali, é preciso agendar a data com o departamento comercial do hotel. Se a festa for realizada ali mesmo - tem centro de convenções e seis restaurantes para isso -, o casal fica isento da taxa cobrada para a utilização da capela. Feito o agendamento, o restante dos procedimentos deve ser encaminhado pela secretaria paroquial, seguindo as mesmas regras válidas para a Matriz. Se optar pela capela do resort, a vantagem é que festa e lua-de-mel podem acontecer no mesmo local, com direito a toda a magia em torno das núpcias.

    Os 14 vitrais que retratam a Via Sacra de Jesus Cristo levam a assinatura de Adroaldo Lenzi. A escultura colocada nos fundos da capela, pelo lado de fora, de modo a aparecer pela vidraça, é uma reprodução da obra Christus, do escultor dinamarquês Bertel Thorvaldsen (1770-1844). Tanto a escultura como a pintura no teto da capela são obras do artista plástico Marciano Schmitz, de Novo Hamburgo/RS. Argila e gesso serviram de base para o trabalho, finalizado em mármore sintético. O projeto arquitetônico da capela é de Luiz Mori.

  • Além do Serrano Resort, outros tantos hotéis têm a opção de realizar a cerimônia. O Hotel Fazenda Pampas da Serra recentemente construiu uma capela para a realização dos eventos. Em um estilo mais informal, o Hotel Klein Ville, em Canela, oferece o Centro de Eventos para as noivas e, com as festividades, nada melhor do que encerrar a festa na belíssima Suíte Imperial do Hotel.

  • Por falar nisso, já que você está pensando em casar por aqui, que tal planejar uma Lua-de-Mel inesquecível na Serra Gaúcha? Depois de viverem um capítulo de conto de fadas em Gramado, que sejam felizes para sempre!

  • Onde casar em Gramado
    Lugares para dizer um “sim” ainda mais romântico!

    Por Redação GramadoSite, Fotos: Arthur Silveira, Sxc.hu, Prefeitura de Gramado, Hotel Serrano Resort

    Serviço:

    - IECLB Apóstolo Paulo: (54) 3286-1061
    - Igreja Matriz São Pedro: (54) 3286-1187
    - Serrano Resort: (54) 3295-8025