• Quem passa pela Avenida das Hortênsias, partindo de Gramado até a cidade vizinha, Canela, tem como companhia, olhando para a direita, a bela paisagem do Vale do Quilombo.

  • Admirar a beleza do lugar da beira da estrada rende belas fotos, mas há também opções de passeio no interior do Vale para os que gostam mesmo é de aventura. As duas versões do Vale do Quilombo merecem registro.

  • Dos mirantes da rua, faça tempo bom ou ruim, a paisagem fica linda igual, ou melhor, diferente! O sol ilumina todo o interior do Vale, destacando as diferentes tonalidades do verde da mata, que contrastam com o azul do céu.

  • Mas o visual não perde em nada em dias de tempo fechado. Isso porque, na Serra Gaúcha, é típica a formação de neblina nesses dias. Em época de frio, a névoa sempre cobre o vale no amanhecer. A cerração cobrindo a Serra ocasiona efeitos visuais nostálgicos, românticos, sensacionais. Quem for ao Parque Aldeia do Papai Noel pode vislumbrar o Vale do Quilombo ainda mais de cima, pois o parque tem um mirante de frente para o local.

  • O local para observação do Vale do Quilombo na Avenida das Hortênsias não fica muito distante do centro da cidade. Se você estiver passeando a pé pelas ruas centrais, estenda a caminhada até a avenida e ande do ladinho do Vale. Se estiver indo a Canela, pare o carro para fotografar o Vale. Há um acostamento um pouco a diante do posto de gasolina que fica próximo à Rótula dos Pinheiros, logo depois da entrada de um condomínio residencial.

    Não deixe de registrar sua passagem por aqui no Vale do Quilombo, ele é um dos grandes presentes que a natureza deixou para a Serra Gaúcha.

  • Vale do Quilombo
    Para admirar ou para se aventurar