O consumidor que compra café, quer viver uma experiência, diz presidente da Polishop

A varejista foi uma das pioneiras em oferecer ao público máquinas de café e a coloca como uma parceira estratégica dos produtores e vendedores de cafés especiais

A crise da economia agravada pelo novo coronavírus acentuou uma característica dos brasileiros: o empreendedorismo. Sobre esse assunto, João Appolinário, fundador e presidente da Polishop falou no primeiro dia (18) da Semana Internacional do Café 2020, que acontece até o dia 20 de novembro, com edição 100% on-line.

Reconhecido com um dos grandes empreendedores brasileiros, João Appolinário conta que desde o início da Polishop investiu no conceito de agregar valor à sua cadeia. “Eu criei o conceito de não vender o produto, mas sim vender benefícios. O produto tem preço e o benefício tem valor. E isso vale para qualquer segmento. É muito importante que se entenda que as pessoas buscam uma experiência na hora de consumir”, diz.

O mercado de varejo, em uma primeira análise, pode não ter muito a ver com o setor cafeeiro, entretanto, Polishop foi uma das pioneiras em oferecer ao público máquinas especiais de café, que podem custar até cinco mil reais. Isso a coloca como uma parceira estratégica dos produtores e vendedores de cafés especiais.

“Quando as pessoas vão buscar uma máquina, com certeza vão buscar um bom produto. O empreendedor tem que olhar muito para essa experiência, porque tem muito dinheiro para ser investido em cafés especiais. O consumidor que compra café, quer viver uma experiência. O que as pessoas buscam é qualidade naquilo que elas vão tomar”, aposta Appolinário.

Na opinião do executivo, o mundo já vem passando por uma transformação digital há pelo menos duas décadas e a pandemia apenas acelerou esse processo. O maior desafio, relata, foi manter sua equipe motivada durante os meses de quarentena. A companhia passou bem pela pandemia e conseguiu segurar as vendas graças ao seu atendimento em multicanais.

“Como CEO de uma companhia você precisa reger sua equipe como se fosse uma grande orquestra. Você não precisa ser um grande músico, mas precisa ser um bom maestro para liderar aquelas pessoas. É muito importante que as mensagens sejam muito bem colocadas”, enfatiza.

Sobre as características de um empreendedor, Appolinário aponta como a principal delas ser questionador. “Inovação é questionar aquilo que já existe. Não é porque está sendo feita há muitos anos não significa que seja a única forma. Empreender é isso: é atitude. Você tem que ter uma atitude diferente daquilo que todos os outros estão fazendo”, finaliza.



Serviço:
Semana Internacional do Café 2020 - 100% Digital
De 18 a 20 de novembro
#conectadospelocafé
Cadastro gratuito:www.semanainternacionaldocafe.com.br

Redes sociais
Facebook e Twitter: @semanadocafe
Instagram: @semanainternacionaldocafe



Sobre a SIC
A Semana Internacional do Café (SIC) é uma iniciativa do Sistema FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais), da Café Editora, do Sebrae e do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa).

Realizada desde 2013 em Belo Horizonte, capital do maior estado produtor do país, a SIC tem como foco o desenvolvimento do mercado brasileiro e a divulgação da qualidade dos cafés nacionais para o consumidor interno e países compradores, além de potencializar o resultado econômico e social do setor. Este ano de 2020, devido à pandemia, será realizada 100% em plataforma digital.

Patrocinadores
A edição deste ano tem patrocínio master Nestlé, patrocínio expert Sistema Ocemg e 3Corações Rituais Cafés Especiais, patrocínio specialty Melitta e Sicoob e patrocínio premium Cooxupé, Kahlúa e Montesanto Tavares Group.

Últimas