Impeachment: vitória ou derrota

Clamar e sonhar por um país bem melhor, com a mais intensa força, começando pela defesa da aplicação da lei e o afastamento incondicional de atos ilícitos, é o que desejam esses brasileiros. Porém, na iminência de se depararem novamente com a possibilidade de a impunidade prevalecer, diante de um quadro tão evidente de nocividade calcada no desprezo do governo pelas instituições e pelo povo brasileiro, sejam ou não objetos do pedido de afastamento, sobrevém-lhes uma inquietação, já não tão módica como em outros tempos.

Continuar lendo

Sangue Azul?

Sabe-se que um dos mais recorrentes discursos presentes na sociedade é o de que as pessoas não se julgam racistas, não discriminam. Basta perguntar-lhes. No entanto, basta também, uma certa ocasião - e cada vez mais fútil - para que esse compromisso, esperado de qualquer cidadão, se desfaça imediata e inconsequentemente.
O que aconteceu, já não pela primeira vez, se reveste de uma vergonha também para os gaúchos e para o estado do Rio Grande do Sul, cujo hino carrega em sua letra orgulhoso incentivo de que “sirvam nossas façanhas de modelo a toda terra”.

Continuar lendo

EDUARDO CAMPOS: luto justificável

Ayrton Senna, Robin Williams, Ariano Suassuna e Eduardo Campos. Para muitos essas pessoas se fizeram conhecidas apenas pela televisão, pelas folhas de jornais ou do noticiário. Embora tão distantes de nossa presença física, vão se incorporando às nossas experiências existenciais.

Continuar lendo
Sobre o autor

Advogado, professor universitário e educador. Mestre em direito privado pela
PUC/Minas. Especialista em Direito Empresarial, Psicologia da Educação e em Docência do Ensino Superior.
Consultor e assessor jurídico empresarial. Palestrante e conferencista em abordagem temática empr ...

Mais sobre o autor