Padre Ari

Dr.Pe.ari Antônio da Silva
Nasceu em 12/06/1950 em Lajeado/RS
Ordenado Sacerdote em 16/05/1976 na atual Catedral de Novo Hamburgo pela imposição das mãos do Cardeal Arcebispo Dom Alfredo Vicente Seherer.

Padre do clero diocesano da Diocese de Novo Hamburgo.

Licenciatura Plena - Filosofia - FAFIMC
Bacharel em Teologia - PUCRS
Pós-graduação em Psicopedagogia Institucional - FAFIMC
Mestrado em Filosofia - PUCRS
Doutorado em Filosofia - UPSA - Salamanca - Espanha

Prof. Na Unisinos 18 anos e há mais de 25 anos nas Faculdades Integradas de Taquara

Entre as publicações:
Economia a serviço do homem – 2010(esgotado) preparando a 2ªed.

Economia e Espiritualidade: Reformando o mundo dos negócios- 2011
Só se ama Alguém que se conhece – 3ªed.

MUNDO MELHOR: Justiça, Solidariedade e Transcendência- 2012 – Lançamento novo – Data: 02/04/2013 na “CHOCOLATES FLORYBAL” na Avenida das Hortênsias – Gramado – Horário: 17h30min às 20h.

Colunista: gramadosite.com.br- área: Economia e Negócios
Colunista: gramadomagazine – Revista Virtual
Colunista: Jornal NH
Colunista: Jornal de Canela
Conferencista e escritor
Colaborador em livros feitos por vários escritores.


Fundador das Semanas Teológicas da Diocese de Novo Hamburgo em parceria com a FACCAT e dos cursos de Extensão Universitária em Ciências Religiosas e Teológicas para leigos, na mesma instituição. Fundador do Seminário Betânia - Vocações Adultas da Diocese de Novo Hamburgo. Fundador da Missa do Turista na Paróquia de Canela. E ainda co-fundador do EJU - Encontro de Jovens Universitários.

Informações de contato

Últimas publicações

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco

A polarização extrema da política é capaz de matar democracias

Na coluna do Jornal NH do dia 17/05/19 próximo passado, publiquei na minha coluna um artigo intitulado: “Obscurantismo e Alienação”. Sempre procuro ter cautela ao abordar situações de natureza política socioeconômica, mormente quando se trata de nossa nação brasileira, como também da América Latina. Nesse, afirmo sem margem de dúvida que nenhum Partido Político com sua ideologia e/ou concepção de mundo é ideal.

3
Pressupostos da ruptura entre Razão e Fé (texto X)

Levando em consideração a reflexão de que “razão e fé” são compatíveis, ainda mais quando se percebe que no início do cristianismo ele se aproximou da filosofia grega, não por mero acaso, mas porque o pensamento grego rejeitava os mitos e superstições da época, realidade que neutralizava o politeísmo e deu fundamento ao Deus único seguindo a tradição judaica para o Novo Testamento com a fé cristã.

3
Veja todas as publicações