"FAR WEST BRASILEIRO"

Os europeus descobriram a América entrando pelo leste. Grandes aventuras aconteceram seguindo direção oeste.

Na América do Norte, o alemão Karl May descreveu com muito sucesso o Oeste Americano contando a vida dos índios Pele Vermelha. No Brasil conhecemos hoje a ocupação do oeste com a introdução de agricultura e pecuária no Estado de Mato Grosso e norte acima. Esta ocupação começou desde o Rio Grande do Sul. Ali os descendentes de imigrantes alemães promoveram um progresso tão grande que houve necessidade de se expandirem para o oeste longínquo do Brasil que também podemos chamar de "Far West Brasileiro". Temos interessantes documentos que registram este fato da História do Brasil. Imigrantes alemães se tornaram empreendedores ao abrirem empresas colonizadoras. A oferta de novas terras agrícolas era feita nos Anuários ou Almanaques em idioma alemão que eram muito lidos nas famílias de origem alemã.

Alguns dados de um anúncio publicado no "Familienfrend Kalender", almanaque "Amigo da Família", de 1921.

Tradução do anúncio:

O empreendimento de colonização P.J. KOELZER & CIA. com sua colônia SÃO JOSÉ da Foz do Iguassú traz ao conhecimento dos compradores de terras que ele adquiriu um grande complexo de maravilhosas terras para comprar no município de Foz do Iguassú´. A terra é riquíssima em madeira de lei e também contém florestas de pinheiros e muita erva mate. As terras fazem frente com 60 quilômetros na grande estrada rodoviária que conduz da Vila Foz do Iguassú para Guarapuava, e também tem ligação com o navegável Rio Paraná, fora de Foz do Iguassú com a estrada que conduz para o Porto de Santa Helena. Grande parte da Colônia já está medida e dividida em lotes. Os mapas estarão disponíveis aos proprietários e aos representantes. A ocupação será de acordo com a confissão religiosa ( católica ou luterana). Preço de uma colônia de 25 hectares é 1:200$000
Rs.

Com mais informações e a venda da terra estão encarregados:
Em Santa Cruz Adolfo P. May e José Werlang.

Em Ven. Aires Pedro Rabuske e Wilhelm Arenhardt.

Em Picada Café Guilherme Wittmann e Pedro Schmidt.

Em Porto Alegre o sócio proprietário Pedro José Koelzer e Apulcho Koelzer, Rua dos Andradas Nr. 369.

Ø Obs. A viagem para a colônia vai por Uruguaiana, Libres, Posadas e daqui por vapor até Fóz do Iguassú.
Últimas