Energia Livre - Solução de John Searl (algumas traduções)

Confesso que não me sai da cabeça o conteúdo do artigo anterior. É tão fantástico para mim a possibilidade de que essas pessoas sejam mesmo corretas e éticas e tenham mesmo feito uma descoberta que vai transformar totalmente este planeta que não tenho pensado em outra coisa.

Recomendo a leitura do artigo anterior .
Para isso, clique aqui.

A todo instante, pergunto a mim mesmo: -- Isso é real? Ou é mais uma daquelas já famosas fraudes que aparecem por aí na internet? Será que é real? E se é? Conseguirão o Dr. Terry Moore e o Professor John Searl suportar as pressões do "lado negro da Força" ?

O Professor John Searl propôs um dispositivo capaz de gerar energia limpa e livre, de uma forma que um leigo descreveria como "mágica". E como se não bastasse, o mesmo dispositivo ainda pode apresentar um inusitado efeito colateral: criar anti-gravidade. Isso não parece extraído de um tablóide de ficção científica?

Completamente seduzido pelo tema, estou aqui, há horas, devorando tudo o que encontro a respeito do projeto de reconstrução do gerador SEG (Searl Effect Generator). Para não ficar falando sozinho, pensei em traduzir um pouco do material que encontrei no WIKI.

Se você domina um pouco o "inglês", vale a pena visitar alguns endereços:

Abaixo alguns trechos de minhas traduções. ** Atenção: não sou nenhum "guru" da língua inglesa, então, sinta-se à vontade em enviar correções ou propostas melhores para a tradução de alguns trechos de textos ok? Leia bastante ;-)

http://peswiki.com/index.php/Directory:SEG:
Terry_Moore_Correspondence:April_9%2C_2007

O Dr. Terry Moore é a pessoa envolvida na postagem dos vídeos no youtube.com sobre os "mockups" Searl SEG. Ele tem sido muito útil a este projeto.

Aqui nesta página encontram-se alguns trechos de suas respostas, e postagens de comentários no site YouTube.

  • "mockup" é um "modelo em escala" de uma estrutura ou dispositivo geralmente usado para ensino, demonstração, testes, design, etc.
  • SEG = sigla em inglês para Searl Efect Generator (Gerador de Efeito Searl)
Primeiras colocações pelo Dr. Terry Moore
  • Os cientistas não acreditam nesta tecnologia porque ela não está em seus livros de ciências e não foram ensinados como ela funciona, então eles simplesmente a desconsideram;
  • Se você deseja mais provas concretas, terá que esperar. A partir dos emails que temos recebido de alguns cientistas, a maioria das pessoas agora entende como funciona esta tecnologia!;
  • Apesar de numerosas abordagens na comunidade científica, nenhuma aceitaria a tecnologia. O movimento contínuo em 360 graus dos componentes magnéticos aparentemente eram contrários as leis da ciência. Está na hora de se reescrever os livros de ciências!
  • Uma série de vídeos adicionais será colocada no ar nas próximas semanas. Siga os links do You Tube para ver mais informação.
  • No SEG não existe nenhuma fonte externa de energia para manter a rotação de cada rolamento nem a rotação do rolamento sobre o anel fixo. Até onde sabemos, nenhum outro dispositivo conseguiu obter esta rotação contínua dos componentes magnéticos como demonstrado aqui. Vídeos adicionais serão postados nas próximas semanas os quais confirmarão esta nova ciência.
  • Não existe nenhuma fonte de energia interna ou externa no SEG. Por favor, visite o site www.searlsolution.com para mais informações técnicas.
  • Esta tecnologia somente tornou-se possível por que pelo menos um investidor entendeu a ciência. Os brinquedos virão mais tarde. O trabalho mais importante agora é começar a produzir os geradores de energia de 15 kilowatts para abastecer casas, escritórios, carros, ônibus, barcos, etc. Versões menores poderão, então, ser produzidas para alimentar laptops, telefones sem fio, etc.
  • É possível que os magnetos possam alimentar um motor. Esta abordagem não é a tecnologia na qual estamos envolvidos aqui. Nosso trabalho envolve a geração de eletricidade de forma limpa, livre e sem poluição. No decorrer das próximas semanas, mais informação técnica será postada em nosso web site e enviada àqueles que se registrarem para receber por email as atualizações.
  • Perdoe-nos, mas não estamos interessados nos "brinquedos" ainda. O trabalho importante é começar a produzir os geradores de 15KW. Se conseguirmos atrair mais investidores, poderemos avançar com o projeto mais rapidamente!
  • Nosso muito obrigado a todos aqueles que entraram em contato conosco através do serviço de mensagens do You Tube e de nossos endereços de e-mail. São observações e sugestões muito úteis. Temos uma grande equipe cobrindo todas as áreas da ciência. É o pensamento lateral e as sessões de brainstorming que produziram os resultados. Muitos cientistas estão cegos por pensamentos abrangentes! Com o tempo, novos projetos terão como base as idéias desses muitos e muitos colaboradores (tantos quantos pudermos) engajados em nossos debates.
  • Uma indagação importante que tem sido feita muitas vezes é com respeito ao fato de que na demonstração, os rolamentos rodam na superfície do anel. Quando o SEG é montado, os rolamentos entre cada par de anéis flutuam por entre o complexo campo magnético que produzem. Dessa forma, o SEG não gera ruído nem contato.
  • A demonstração que você vê nos vídeos é um 'mockup', um modelo em escala, da tecnologia. Assim que o próximo estágio for completado, seremos capazes de demonstrar os rolamentos rodando e flutuando livremente entre dois anéis sem contato, ruído ou fricção.
  • Para produzir o primeiro SEG, precisamos de £500,000 (aproximadamente R$ 2milhões) para a matéria prima e equipamentos. Uma vez produzido o primeiro equipamento, os custos subsequentes caem continuamente. (02/Março/2007)
  • Fizemos as demonstrações observadas nos Estados Unidos em sete pessoas. Todos eles foram ver e verificar nosso trabalho no fim-de-semana. Os detalhes completos serão enviados as pessoas que se registrarem para receber nossas newsletters.
    Programa: diferentes estágios serão postados no You Tube durante este ano com a demonstração final do SEG programada para publicação entre 07/ Dez/2007 e 08/Fev/2008. (02/Março/2007)
Wbeaty pergunta ao Dr. Terry Moore
  • WBeaty: Eles são magnetos NIB? Eu vejo um material de cor preta, então talvez sejam de cerâmica?
  • Dr. Terry Moore: Cada componente cumpre quatro camadas de materiais. O componente magnético é uma liga contendo um número de metais, incluindo um metal "terra rara".
  • cchance: Dr. Moore, seu grupo manterá a tecnologia fechada e a chave através de companhias licenciadas e estes vídeos ou o senhor vai publicar planos de prova de conceito para o mundo todo via pesn e outros sites desse tipo?
  • Dr. Terry Moore: No momento, esta nova ciência está sendo documentada e será depois enviada para revisão. Uma vez que a documentação seja aceita pela comunidade científica, será postada em nosso web site.
  • Wbeaty: Boa sorte com os envios às publicações especializadas. É uma íngrime barreira a ser vencida. Se nenhum jornal publicá-la, considere JSE, Journal of Scientific Exploration (Jornal da Exploração Científica), mantido pelo grupo SSE. Eles são geridos por cientistas profissionais, mas publicarão ciência alternativa que possa atrair a atenção de outros "Journals".
  • Dr. Terry Moore: Muito obrigado pela sugestão. Felizmente, com a nova ciência, o produto fala por si, então a rejeição pelas publicações especializadas não vai impedir a produção.
  • Wbeaty: O produto fala por si... sim, exatamente. Você deve vender esses dispositivos. Essencialmente, você inventou a roda, mas você só quer vender vagões. Porque não vender rodas? Porque não ensinar outros a construirem suas próprias? Eu penso que você subestimou o poder da descrença, e ainda não percebeu que essas empresas de 50KW para residências sempre falham. Outros tentaram e falharam no passado. Para evitar o "Curso de Energia Livre", venda dispositivos simpes, sem demora.
  • Dr. Terry Moore: Nossa primeira prioridade é a construção e venda do maior número de unidades SEG possível. O planeta está uma bagunça. Dióxido de Carbono e outros gases poluentes estão neste momento crescendo e saindo do controle e o que é ainda pior: as florestas do mundo, particularmente nos Trópicos, estão sendo destruídas a uma velocidade crescente. Abastecer casas, escritórios, empresas, fábricas, carros, ônibus e barcos com o SEG tem que ser a prioridade. Os brinquedos não salvarão o planeta e a "tooling?ferramentaria?" é muito cara.
  • Wbeaty: Vários empresas de "motores magnéticos" postaram vídeos em seus websites. A própria "Steorn" tem vídeos no You Tube, não? Eles poderiam facilmente ser "fraudes", como também poderiam ser os seus vídeos. Somente o dispositivo físico é convincente. E ele só convence se estiver nas mãos de terceiros, NÃO apenas em demonstrações de vocês. (Demos podem ser fraudados, alimentados, por exemplo, por uma "rectenna de microondas", etc.)
  • Dr. Terry Moore: Eu entendo suas dúvidas. Têm surgido tantas pessoas dizendo terem obtido sucessos mas nenhum produto foi colocado no mercado. Se você seguir os links do You Tube para o site pesn, poderá ver que uma verificação independente foi feita.

benjiferrero pergunta ao Dr. Terry Moore
  • benjiferrero: É um motor elétrico, até onde eu vi parece-se com um
  • Dr. Terry Moore: Um motor elétrico, com uma grande diferença. Os campos magnéticos dos componentes é que causam o movimento. Não há necessidade de alimentação externa de energia. O movimento dos rolamentos no complexos campos magnéticos que se alternam é que provê uma espécie de 'jato de elétrons' para criar o movimento dos elétrons para gerar a eletricidade.
nyagokain pergunta ao Dr. Terry Moore
  • nyagokain: De onde vem a energia? Ela não pode violar a lei da conservação de energia, então, ela tem que ser convertida de alguma fonte...
  • Dr. Terry Moore: Em um gerador, é preciso esforço para rodar o eixo para criar o movimento de elétrons. Em um motor, a energia é consumida para girar que o eixo gire. A interação desta configuração de componentes de campos magnéticos multilaminados causa o movimento do eixo e gera o movimento dos elétrons.
PES visita o Dr. Terry Moore
  • Pr1nceal1: Dr. Moore, Eu me pergunto porque o senhor escolheu os caras do PES (Pure Energy Systems) ao invés de uma instituição mais renomada. Eu acho que as pessoas levariam as suas colocações muito mais a sério, se aqueles caras fossem de uma universidade prestigiada.
  • Dr. Terry Moore: As Universidades ainda dizem que esta ciência é impossível porque ela não consta nos textos de seus livros. A medida que formos postando mais passos eles presumidamente terão maior interesse em nosso trabalho. Tínhamos esperança de que os vídeos pudesse ser colocados no web site da Pure Energy Systems. Alguns emails que chegaram até nós duvidaram que eles viriam, então, nós tivemos que publicar estes vídeos apenas para confirmar a visita deles.
Ryandinan pergunta ao Dr. Terry Moore

(comentários no site You Tube)

  • Ryandinan: se não existe alimentação interna/externa então não é possível que ele rode. Mesmo que você diga que esse dispositivo CRIA energia do nada, teria que existir uma fonte de alimentação "interna" provendo a energia para o uso. De outra forma, o SEG é inútil...
  • Dr. Terry Moore: O movimento é criado pela interação das múltiplas camadas de campos magnéticos alternados impressos nos anéis e nos rolamentos.
  • Ryandinan: Ok, mas como você alterna esses campos magnéticos sem inserir energia de alguma fonte? Quanta energia é necessária para alternar os campos, e ela é maior do que a energia produzida pelo movimento dos rolamentos (COE diria que sim, mas hei, ele poderia estar errado, certo) ? Como você está medindo a energia de entrada versus a de saída? E a produção de calor? Eu também gostaria de ouvir de você alguns comentários sobre as minhas duas perguntas.
  • Dr. Terry Moore: Ryan. Muito obrigado por seus comentários. Nós entendemos (mesmo) como deve ser difícil entender a tecnologia a menos que você tenha estado envolvido com o desenvolvimento dela. A energia necessária para imprimir múltiplas camadas magnéticas nos componentes é um custo. Assim como todos os magnetos permanentes, existe um custo de energia no início, mas uma vez que os componentes foram preparados, os campos criam o movimento.
    • Alysdexia: CoE poderia dizer não, bobão, pois eles poderiam ser iguais.
    • Dr. Terry Moore: CoE deveria considerar as implicações da instalação de SEG's nos setores público, privado e industrial bem como nos transportes. Isso resultará em menos catástrofes por alterações climáticas e menos custos reparatórios portanto menos fundos públicos seriam usados e menos impostos coletados. Assim, retornaria um pouco dessa renda desperdiçada para nós todos comprarmos coisas ambientalmente amigáveis, empregar mais pessoas na manufatura, distribuição e na indústria de serviços.
  • Dr. Terry Moore: Não existe fonte de alimentação interna nem externa conectada ao SEG. O movimento dos rolamentos é criado pela interação de múltimplos campos magnéticos intercalados, campos estes que estão impregnados dentro dos anéis e dos rolamentos.
  • Ryandinan: Então você está dizendo que os campos magnéticos alternam a si mesmos? Esta interação constante causa a desmagnetização do núcleo dos componentes?
  • Ryandinan: Mais uma coisa - Se é mesmo a alternação dsses campos magnéticos que cria o movimento, então porque você afirmou o seguinte:
    • 'Pode ser possível aos magnetos alimentar um motor. Mas esta não é a tecnologia na qual estamos envolvidos aqui.'
      • Com certeza você tem que ter magnetos, para poder criar um campo magnético sem o uso de energia externa (um eletromagneto por exemplo) ?
  • Dr. Terry Moore: Existe uma degradação do campo magnético com o passar dos anos. Nós estimamos que, fora o fato de que estas unidades provavelmente terão que ser checadas por engenheiros elétricos competentes a cada 2 a 5 anos, elas deverão durar pelo menos 50 anos antes de ser necessário substituições. Elas não são máquinas "moto perpétuo".
  • Ryandinan: Então, se o campo magnético degrada com tempo, você suspeita que são eles, os próprios magnetos a "fonte" da energia, ou são apenas um meio para mover a energia de alguma outra fonte mais robusta? Além disso, se você está dizendo que um gerador de 15KW pode ser feito (para rodar durante um período de mais ou menos 50 anos), certamente os magnetos não contém toda essa energia.
  • Dr. Terry Moore: Infelizmente, todos os ímans permanentes degradam com o passar do tempo. Tudo o que os ímans rotatórios conseguem é o fluxo de elétrons através do dispositivo de uma forma semelhante ao movimento dos elétrons nos circuitos elétricos.
  • Ryandinan: Mas, de onde vêm esses elétrons afinal? Qual é a sua origem?
  • Dr. Terry Moore: Todos os átomos de todos os elementos incluem um número variante de anéis, contendo um número variante de elétrons, dependendo do elemento envolvido. Muitos elementos têm elétrons em suas camadas mais externas os quais pulam através de átomos vizinhos. Isso cria o fluxo de elétrons.
  • Ryandinan: Então o senhor está dizendo que a contagem TOTAL de elétrons nunca muda; apenas flui de um átomo para o outro, como uma correia transportadora? E, ao fazer isso, a estrutura atômica do elemento permanece a mesma?
  • Dr. Terry Moore: Isto é certo, e também é um modo muito bom de descrever o que acontece. Muito obrigado.
Comentários diversos
  • gabydewilde: Se você quer fazer parecer bom, coloque alguma coisa para mostrar a direção do fluxo do tempo, mostre-nos a sala e por debaixo do dispositivo, segure a câmera na mão, é muito fácil editar vídeos com a câmera parada e fixa. Você pode levar o dispositivo para dar umas voltas e mostrá-lo em diferentes lugares. :-) Para assegurar que ele não é PK você pode usar pílulas de dormir. Mas, brincadeiras à parte, eu realmente gostaria de ver mais vídeos. Quem sabe acrescentar um link para a descrição do vídeo na próxima vez? Boa sorte.
  • Dr. Terry Moore: Todas ótimas sugestões. Os próximos vídeos mostrarão estes aspectos, entretanto, os clipes realmente interessantes serão aqueles onde aparecerão os rolamentos rodando entre os dois primeiros anéis!

Últimas