"Grito" é selecionado para o 4° Festival de Cinema de Três Passos

Cultura Notícias 13 Setembro / 2018 Quinta-feira por Gramadosite

O filme Grito, curta-metragem da Filmes de Junho, tem mais uma boa notícia para comemorar. Depois de ser premiado como Melhor Ator na Mostra de Curtas Gaúchos – Prêmio Assembleia Legislativa RS do 46º Festival de Cinema de Gramado e fechar uma importante parceria para ser exibido em diversos países da América Latina, a ficção acaba de ser selecionada para a mostra competitiva nacional de Ficção do 4º Festival de Cinema de Três Passos.

O curta gaúcho irá concorrer ao lado de produções de diversos estados brasileiros, muitas delas já premiadas em outros eventos, como Tentei (2018), de Laís Melo Dlugosz, do Paraná, O Vestido de Myriam (2017), de Lucas H. Rossi, do Rio de Janeiro, A Retirada Para Um Coração Bruto (2018), de Marco Antonio Pereira, de Minas Gerais. Dos 31 títulos selecionados para a mostra competitiva nacional de Ficção, onze são gaúchos, e há representantes também de São Paulo, Distrito Federal, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Amazônia.

Rodado em uma esquina de Novo Hamburgo (RS), o filme é protagonizado pelo atores Sirmar Antunes e Clemente Viscaíno. Em cena, a despedida entre dois homens de meia idade. "Qual o exato momento em que se dá uma despedida? Aquele espaço de tempo que não pode ser verbalizado. O que fica, o que está, o que é? Um momento que pode significar todos os caminhos", afirma Luiz Alberto Cassol.

A quarta edição do Festival de Cinema de Três Passos ocorre entre os dias 06 a 10 de novembro de 2018, em Três Passos, no Rio Grande do Sul. Grito tem realização da Filmes de Junho, Accorde Filmes e Convergência Produtora. Apoio: Ideia Ação e da Secretaria Municipal de Novo Hamburgo.

SINOPSE: Nem todo o grito sai da boca.

Ficha Técnica:
(Grito, CM, 05min, Brasil, 2018)
Elenco: Sirmar Antunes e Clemente Viscaíno
Direção e Roteiro: Luiz Alberto Cassol
Direção de Fotografia: Juliano Moreira
Desenho de Som: André Sittoni
Direção de Arte e Figurino: Pauliana Becker
Direção de Produção: Leonardo Peixoto
Trilha Sonora: Duca Duarte
Maquiagem: Ana Paula Maidana
Montagem e Correção de Cor: Juliano Moreira
Som Direto: Guilherme Cassio dos Santos
Assistência de Câmera: Mano Josias Salvaterra
Assistência de Produção: William Silva
Design Gráfico: Luciano Ribas
Fotografia Still: Gilberto Perin
Recursos de Acessibilidade - Coordenação: Marilaine Castro da Costa
Produção Executiva: Luiz Alberto Cassol
Produção: Juliano Moreira, Luiz Alberto Cassol e Leonardo Peixoto
Coprodução: André Sittoni, Leonardo Machado e Pauliana Becker



FILMES DE JUNHO

Fundada em 2009 pelo cineasta Luiz Alberto Cassol, a Filmes de Junho produz filmes de longa e curta metragens autorais, co-produções e vídeos institucionais. Além do Brasil, atua na América Latina, principalmente na Argentina. É responsável, ainda, pela organização das Mostras Internacionais de Cinema de Santa Maria e do Festival Santa Maria Vídeo e Cinema. Para 2019 estão previstas as gravações do longa-metragem "Zulma", do cineasta Axel Monsú, coprodução ficcional de longa-metragem, com a Argentina, entre a Cooperativa de La Tierra e a Filmes de Junho Produtora. Entre os trabalhos autorais como produtora ou coprodutora, destacam-se: "Edmundo" (Documentário, 2015, HD, Longa-Metragem), "Nem Isso" (Ficção, 2015, HD, Curta-Metragem), "Tabaré Inácio" (Documentário, 2016, HD, Curta-Metragem), "Saúde" (Documentário, 2017, Curta-Metragem). "Golpe" (Documentário, HD, 2018, em lançamento, Longa-Metragem) "Grandes Médicos" (Documentário, 2018, Longa-Metragem) e "Grito" (Ficção, 2018," HD, em lançamento, Curta-Metragem).

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes