Pressupostos da ruptura entre Razão e Fé (texto X)

Levando em consideração a reflexão de que “razão e fé” são compatíveis, ainda mais quando se percebe que no início do cristianismo ele se aproximou da filosofia grega, não por mero acaso, mas porque o pensamento grego rejeitava os mitos e superstições da época, realidade que neutralizava o politeísmo e deu fundamento ao Deus único seguindo a tradição judaica para o Novo Testamento com a fé cristã.

Continuar lendo
Sobre o autor

Dr.Pe.ari Antônio da Silva
Nasceu em 12/06/1950 em Lajeado/RS
Ordenado Sacerdote em 16/05/1976 na atual Catedral de Novo Hamburgo pela imposição das mãos do Cardeal Arcebispo Dom Alfredo Vicente Seherer.

Padre do clero diocesano da Diocese de Novo Hamburgo.
Mais sobre o autor