A polarização extrema da política é capaz de matar democracias

Na coluna do Jornal NH do dia 17/05/19 próximo passado, publiquei na minha coluna um artigo intitulado: “Obscurantismo e Alienação”. Sempre procuro ter cautela ao abordar situações de natureza política socioeconômica, mormente quando se trata de nossa nação brasileira, como também da América Latina. Nesse, afirmo sem margem de dúvida que nenhum Partido Político com sua ideologia e/ou concepção de mundo é ideal.

Continuar lendo

Pressupostos da ruptura entre Razão e Fé (texto X)

Levando em consideração a reflexão de que “razão e fé” são compatíveis, ainda mais quando se percebe que no início do cristianismo ele se aproximou da filosofia grega, não por mero acaso, mas porque o pensamento grego rejeitava os mitos e superstições da época, realidade que neutralizava o politeísmo e deu fundamento ao Deus único seguindo a tradição judaica para o Novo Testamento com a fé cristã.

Continuar lendo
Sobre o autor

Dr.Pe.ari Antônio da Silva
Nasceu em 12/06/1950 em Lajeado/RS
Ordenado Sacerdote em 16/05/1976 na atual Catedral de Novo Hamburgo pela imposição das mãos do Cardeal Arcebispo Dom Alfredo Vicente Seherer.

Padre do clero diocesano da Diocese de Novo Hamburgo.
Mais sobre o autor