Laser CO2: as 5 perguntas mais frequentes sobre o procedimento

O tratamento que elimina rugas e manchas, é considerado um dos melhores na revitalização da pele

Muitas pessoas sofrem com o aspecto da pele. É o único órgão de nosso corpo exposto ao exterior, especialmente sujeito ao dano pela luz solar, principal motivo do envelhecimento precoce. Além da idade, problemas como estrias ou cicatrizes de acne também são alvo da insatisfação de muita gente, e parecem quase impossíveis de se resolver sem passar por uma cirurgia.

Uma alternativa que tem ganhado cada vez mais visibilidade é o Laser CO2 fracionado. Ele é considerado um dos melhores procedimentos não cirúrgicos para revitalizar a pele, e pode ser utilizado no corpo todo, podendo ser indicado para flacidez, cicatrizes, manchas ou descoloração. Em especial, é campeão quando se trata de rejuvenescimento natural.

Porém, muitas pessoas ainda têm dúvidas e receios, principalmente por se tratar de um tratamento à laser. O Dr. André Borba, especialista em oculoplástica pela Universidade da Califórnia e autor do livro Técnicas de rejuvenescimento facial: Toxina botulínica e MD Codes, esclarece as perguntas mais frequentes sobre o procedimento.

Como o laser irá revitalizar a pele?
O Laser CO2 é separado em vários microfeixes de luz, como uma ducha de chuveiro. Esses feixes irão aquecer a água da primeira camada da pele, destruindo as células antigas, que serão substituídas por novas no processo de cicatrização. Esse aquecimento também ativa o colágeno, firmando mais a derme.


O processo é dolorido?
Existe um certo incômodo natural, sim. Mas o nível da tolerância de cada paciente é diferente: algumas pessoas necessitam apenas de um creme para adormecer a pele, enquanto outras de uma anestésico local.


Como é a recuperação? Posso seguir com as minhas atividades normalmente?
A pele vai ficar bem sensível e quente num primeiro momento, e apresentará vermelhidão e inchaço durante um período de 7 a 14 dias. O uso de compressas frias e cremes anestésicos ajudam bastante, e dependendo do caso, podem ser administrados analgésicos. Porém, nada que comprometa o dia a dia.


Quantas sessões são necessárias para perceber o resultado?
Os resultados do Laser CO2 são progressivos, então conforme a cicatrização e a renovação das células continua, a pele melhora. Mas, dependendo do problema e da sua gravidade, podem ser necessárias mais de uma sessão. Para estrias desaparecerem completamente, por exemplo, são de 3 a 6 sessões.


O laser pode queimar ou manchar minha pele?
Sim, pode existir este tipo de complicação. Porém, são realizados testes e avaliações da sua pele pré-tratamento, e talvez seja necessária uma preparação, para que o paciente possa receber o laser sem preocupações. Por isso, é muito importante realizar o procedimento com um médico qualificado.


Dr. André Borba – Médico Oftalmologista e Cirurgião Oculoplástico, especialista em Cirurgia Reconstrutiva e Estética das Pálpebras e Via Lacrimal, com doutorado em Ciências Médicas pela Universidade de São Paulo (USP). Revisor científico da Pan-American Journal of Ophthalmology dos EUA. Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular (SBCP) e membro titular da Sociedade Portuguesa de Medicina Estética (SPME).

Últimas