Qual melhor opção: Pilates ou Musculação?

Estilo Saúde 07 Maio / 2015 Quinta-feira por Guilherme Henzel

Pilates é um método de condicionamento físico e mental criado pelo alemão Joseph Pilates (1880-1967) e, mesmo com exercícios aparentemente suaves, os movimentos realizados no Pilates proporciona o alongamento e a fortificação do corpo de forma integrada e individualizada, além da melhora da respiração, diminuição do stress, desenvolvimento da consciência e equilíbrio corporal, melhora a coordenação motora e a mobilidade articular e proporciona relaxamento. Os exercícios de baixo impacto e de poucas repetições proporcionam resultados eficazes e, ao mesmo tempo, menos desgaste das articulações e dos músculos, tornando-o praticável por atletas profissionais a pessoas sedentárias. Realizados com precisão, os movimentos do método podem ser feitos por pessoas de todas as idades, inclusive as que sofrem de problemas ósseos e musculares ou até de dores crônicas. (Fonte:fisioterapiamanual.com.br/blog/areas-da-fisioterapia/pilates-3/)
O Pilates ainda fortalece os músculos pélvicos, melhora a respiração e a postura, sendo um ótimo complemento para quem já pratica musculação.

Já a musculação é uma atividade que consiste em trabalhar a musculatura corporal, realizando exercícios contra uma resistência que pode ser empregada das mais variadas formas, como uma carga num halter ou numa barra longa, num aparelho com baterias de placas, tensores elásticos, aparelhos de ar comprimido, ou simplesmente contra a força da gravidade. Pode ser realizada por diferentes grupos de indivíduos, desde adolescentes à idosos, passando por aquelas pessoas que precisam de cuidados especiais, como cardiopatas (portadores de distúrbios no coração), diabéticos, hipertensos (indivíduos com pressão arterial acima do normal), portadores de deficiência física, indivíduos que estão em fase de recuperação de lesões ou em quadro pós-operatório, liberados pelo médico para fortalecimento muscular. (Fonte:www.evertoncf.com/site/index.php?option=com_content&view=article&id=3:o-que-e-musculacao)
Geralmente na musculação são trabalhados um músculo ou grupo muscular isolado em cada exercício. No Pilates, isto é possível, entretanto o mais comum é se realizar exercícios globais(onde o centro da força esta localizado no CORE, unidade integrada de 29 pares de músculos que suportam e estabilizam a bacia, pélvis e abdome. Essa musculatura fica ao redor de toda região do tronco, na linha da coluna lombar. Os principais músculos do grupo são os abdominais, lombares, glúteos e oblíquos. em que diversas regiões precisam estar ativadas ao mesmo tempo, para a melhor execução do movimento).

De qualquer forma ambas as atividades são o que chamamos de “Neuro-Musculares”, ou seja, trabalham os músculos, ossos e articulações de forma intensa. Em termos de fortalecimento, prevenção de doenças como osteoporose e outras, ou a recuperação da musculatura, Pilates e musculação se equivalem. Se quiser ter um corpo com músculos definidos e fortes (seco e durinho) mas sem muito volume, o Pilates é para você, mas se você quiser ser um fisiculturista, o melhor caminho será a musculação mesmo, com o Pilates auxiliando na prevenção de lesões.

O importante mesmo é uma boa orientação de um profissional de educação física no caso de condicionamento e fortalecimento e na recuperação de lesões ou melhora de desvios posturais um bom fisioterapeuta.

Categorias:   Notícias | Artigos | Economia e Negócios | Estilo | Cultura | Esportes