Renato Borghetti é aplaudido de pé no último final de semana do 32º Sonho de Natal

Diversidade com qualidade. Essa foi a tônica de toda a programação artística e cultural da 32ª edição do Sonho de Natal de Canela.

O objetivo da organização do evento foi entregar à comunidade canelense e aos milhares de visitantes uma programação diferente – e totalmente gratuita – a cada fim de semana. E no último sábado não foi diferente. O Multipalco da praça João Corrêa recebeu uma grande estrela da música instrumental brasileira. Junto com sua gaita ponto, Renato Borghetti trouxe todo o talento que o consagrou mundo afora como um ícone desse gênero musical.

Durante uma hora, o público pode acompanhar uma apresentação que incluiu músicas conhecidas do repertório gaúcho e regionalista, como vanerão, chote, milonga e chamamé. Com uma carreira de mais de 40 anos nos palcos, Borghetti mostrou-se muito a vontade, conversou com o público e interagiu com os músicos que o acompanharam na apresentação: Pedro Figueiredo, no saxofone e flauta; Vitor Peixoto, no piano; e Daniel Sá, no violão. A presença da família – pai, mãe, irmã e esposa – também foi saudada por ele, que dedicou a música "Sétima do Pontal" para a mãe, dona Alda, já que esta é a sua preferida.

VIBRAÇÃO

A versatilidade do acordeon e seu jeito único de tocar levou o público a um passeio pela música instrumental, em alguns momentos convidando à introspecção – como na música "Mercedita" – e em outros fazendo o público vibrar – como na música "Milonga para as Missões". Clássicos nacionais como "Felicidade", de Lupicínio Rodrigues, e "Luar do Sertão", de Luiz Gonzaga, também entraram no repertório. "Poder fazer música instrumental em um evento como esse é muito importante para nós. É muito bom começar o ano desse jeito", disse Borghetti, que também expressou seu carinho por Canela. "Agradeço ao convite para estar no Sonho de Natal de Canela tocando para vocês", completou.

TOTALMENTE GRATUITO

Emocionado ao fim dos 79 dias de evento, o secretário de Turismo de Canela, Ângelo Sanches, faz um balanço do trabalho realizado. "Encerramos o 32º Sonho de Natal com o show de um músico que agrada a todos Brasil afora. Foi muito bom ver a nossa praça mais uma vez lotada. Isso mostrou que desde o dia 26 de outubro até este dia 12 de janeiro todos os canelenses e turistas tiveram a oportunidade de vivenciar 280 espetáculos totalmente gratuitos. Alguns inovadores, outros que já fazem parte da história do Sonho de Natal. Este evento nos mostrou que estamos no rumo certo. Nossos espetáculos continuarão totalmente gratuitos. É nosso papel, dever público, democratizar cada vez mais cultura e os eventos", afirma Sanches. O 33° Sonho de Natal ocorre de 15 de outubro de 2020 a 16 de janeiro de 2021.

Mais Publicações