Cidade Empreendedora promove primeiro encontro de integração

Evento online nessa terça-feira, 28 de julho, contou com a parceria do Centro de Liderança Pública (CLP)

O 1º encontro online dos municípios que aderiram ao programa Cidade Empreendedora teve a participação de prefeitos, vice-prefeitos, secretários e gestores de Cachoeirinha, Canoas, Campo Bom, Camaquã, Esteio, Frederico Westphalen, Gramado, Panambi, São José do Norte, Santo Ângelo, Tapejara, Uruguaiana e Venâncio Aires. Realizado nessa terça-feira, 28 de julho, contou com palestras do diretor do Centro de Liderança Pública (CLP), Tadeu Barros, e do head de educação da entidade e cientista político, Humberto Dantas.

Na saudação de boas-vindas, o diretor-superintendente do Sebrae RS, André Vanoni de Godoy, agradeceu a confiança depositada no Sebrae e afirmou que o Programa se molda ao propósito das administrações. "Sempre conversamos com os prefeitos sobre o legado da administração que podem deixar para os seus cidadãos e o Cidade Empreendedora contém eixos para qualificar o desenvolvimento, o que passa pela criação de oportunidades locais. É nas cidades que as pessoas vivem e geram renda", destacou. "O Sebrae entende que é um caminho efetivo para valorização e estímulo aos negócios locais. São os empreendedores que criam oportunidades e é necessário que o município crie um ambiente amigável para eles". Também participaram o diretor Técnico do Sebrae RS, Ayrton Ramos, e a gerente de Políticas Públicas e Desenvolvimento Territorial do Sebrae RS, Janaína Zago Medeiros.

Política para resultados

Na palestra sobre "Política para resultados", Humberto Dantas ponderou que não existe uma administração pública sem política nem política sem administração pública. "Existem dificuldades, conflitos, fake news. Dificuldades da lógica do pacto federativo. Isto é histórico no Brasil, a princesa Isabel já reclamava disso. Como a lógica da política no país ainda se mostra muito verticalizada, sem uma boa relação, a cidade vai se sentir sozinha e refém da politica", observou. Ao avaliar a situação a pandemia, Dantas disse que a crise tende a sair da saúde e passar para a economia.
"A pandemia é uma oportunidade eleitoral? Isso é arriscado afirmar, mas é uma oportunidade associada a uma missão como líder. A questão central é perceber a importância e olhar para o lado. Um programa como o do Sebrae mostra a capacidade de olhar para o lado. As respostas precisam ser buscadas e criadas, pois quanto mais participar da construção das respostas, maior a possibilidade de colocar em prática e de maneira mais rápida", afirmou. "Vamos olhar para o lado sempre. Sair da sua cidade é essencial porque o diálogo político traz muitas respostas significativas. Formar e alimentar redes também é um gesto significativo e o Cidade Empreendedora faz isto", complementou.

O diretor do CLP, Tadeu Barros, chamou a atenção para a importância da inovação como aliada em tempos de pandemia. "Inovação é gestão, é conseguir melhorar a jornada do cidadão, reduzir custos e melhorar a produtividade. Todo mundo ficou atordoado com a pandemia e todos estão improvisando e está tudo bem. A improvisação passou a ser mais forte. Tudo precisa ser construído. O que nós precisamos é aprender rapidamente, escalar rapidamente. Planejamento ágil tem que ser colocado na esteira do dia a dia", pontuou.

Barros também salientou que o estabelecimento de ciclos mais curtos permite corrigir rotas da melhor forma possível. "Guerras, revoluções, pandemias são momentos em que o ser humano consegue se reinventar, trazer soluções que sejam um legado, aproveitar janelas de oportunidades. São os problemas que vão nos levar às soluções. Este é um momento crucial para virar a chave", alertou. O diretor do CLP entende que a situação atual representa uma janela de oportunidades para trazer ganhos para a gestão pública e para a prestação de serviços para o cidadão. "Busque sempre uma mente de principiante, abra o seu olhar. Executar, testar, prototipar, fazer as ideias acontecerem. Quando arrisca, está sujeito a errar, mas também pode ganhar, ser vencedor. Na gestão pública quando a gente sai como vencedor, quem sai como vencedor é o cidadão", acrescentou.


Crie o Impossível

No encerramento do encontro online, Godoy e Janaína fizerem um convite aos participantes para que divulguem em seus municípios a realização do Crie o Impossível, evento 100% online voltado aos estudantes do Ensino Médio de escolas públicas de todo o País que será realizado dia 30 de julho a partir das 16h. As inscrições são gratuitas no site www.crieoimpossivel.com.br. O lema desta edição é "A palavra convence, mas o exemplo arrasta". O 'Crie o Impossível' é uma iniciativa da organização sem fins lucrativos Embaixadores da Educação, com correalização do Sebrae e apoio de diversos parceiros. Nos últimos dois anos, o evento aconteceu no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, e já impactou mais de 15 mil jovens.


Sobre o Cidade Empreendedora

O Programa Cidade Empreendedora é uma iniciativa inédita no Rio Grande do Sul para engajar gestores e servidores públicos na melhoria do ambiente de negócios e na promoção das políticas públicas para o apoio e fortalecimento do empreendedorismo nos municípios, respeitando suas realidades. O programa tem como objetivo a transformação local, visando impulsionar o desenvolvimento econômico como um todo, com a potencialização e institucionalização de alguns capítulos da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.

Mais Publicações