Tampinha Legal ultrapassa 254 milhões de tampinhas plásticas coletadas

O material foi arrecadado em quase três mil pontos de coletas distribuídos por sete estados.

O Tampinha Legal ultrapassou as 254 milhões de tampinhas plásticas coletadas desde o início do programa, em 2016. O material foi arrecadado em quase 3 mil pontos de coletas distribuídos pelo Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Alagoas, Pernambuco, Brasília e Goiás.

A reciclagem das tampinhas plásticas gerou um valor de R$ 855 mil destinados integralmente para as 263 entidades assistenciais participantes do programa que fizeram a entrega do material coletado. Até agora, mais de 458 toneladas de tampinhas plásticas retornaram para a indústria. O Tampinha Legal proporciona sustentabilidade econômica, social e ambiental através da atitude de coletar tampinhas plásticas e destiná-las novamente para a indústria, caracterizando a economia circular.

A coordenadora do Instituto SustenPlást, Simara Souza, acredita que a sociedade brasileira compreende a importância de dar o destino adequado aos resíduos sólidos e precisa de iniciativas que estimulem nas coletas, assim como ocorre no Tampinha Legal. "É gratificante contribuir para a sustentabilidade econômica do terceiro setor, ao mesmo tempo que elevamos os níveis de esclarecimento quanto ao destino adequado dos resíduos plásticos e de qualidade de vida de todos os envolvidos. Sabemos que 100% dos plásticos são recicláveis, portanto, são matéria prima nobre que deve retornar para a indústria, caracterizando o processo de Economia Circular", afirma.

Simara explica que o programa também tem caráter educativo. "Cada um de nós precisa exercer sua cidadania com responsabilidade. Destinar adequadamente o material plástico proporciona que novos artefatos sejam produzidos (como baldes, prendedores de roupas, pás de limpeza, etc.) e todos ganhamos com isso", explica.

O Tampinha Legal

O Tampinha Legal é uma iniciativa do Instituto SustenPlást, buscando a melhor valorização de mercado para o material plástico. Recentemente, lançou as ações Copinho Legal e Canudinho Legal que, seguindo o modelo do Tampinha Legal, destinam 100% dos recursos obtidos com a venda destes materiais para as entidades assistenciais participantes do programa. Em Porto Alegre, o Tampinha Legal conta com o apoio estratégico da Fundação Gaúcha dos Bancos Sociais da FIERGS.

Já são mais de R$ 855 mil destinados para as 263 entidades assistenciais participantes do programa e cerca de 458 toneladas de tampinhas plásticas que retornaram para a indústria, caracterizando o modelo de Economia Circular. O Tampinha Legal atua em Alagoas, Pernambuco, Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal. Além do site - tampinhalegal.com.br, também é possível acompanhar o trabalho do programa por redes sociais, como YouTube e Facebook, e pelo aplicativo Tampinha Legal, onde é possível acompanhar onde estão os pontos de coleta mais próximos e as quantidades coletadas, além do valor que será distribuído às entidades assistenciais. O aplicativo também serve como uma base de dados bastante precisa, pois nele é possível ver, com divisão por estados, os volumes de coletas de tampinhas.

Mais Publicações