É preciso sair do piloto automático para ser vitorioso

Quando agimos sem uma intenção consciente, ou seja, sem nem saber direito o motivo pelo qual realizamos todas as nossas ações, é porque estamos nos comportando no piloto automático.

De acordo o Instituto Conectomus, a maior parte das decisões que tomamos no dia a dia é feita como se estivéssemos em pleno voo e sequer nos damos conta do que estamos fazendo. É como se nosso cérebro fosse seguindo uma trilha já definida pelo efeito acumulativo das coisas e situações a que fomos colocados durante toda a nossa vida e, por isso, acabamos nos comportando de uma forma sem perceber.

Sabe aquele dia que acordamos, tomamos banho, colocamos a roupa, tomamos café, saímos de casa e chegamos ao trabalho sem ao menos pensar sobre isso? Pois então, a gente realiza atividades repetitivas sem prestar atenção nelas, e isso não é algo que acontece só esse ou aquele dia, é algo que acontece com todos nós cotidianamente.

Quebre o automatismo

Mas o que pode estar errado nisso? A verdade é que, por conta desse piloto automático, podemos nos acomodar em julgamentos e comportamentos padronizados, pré-concebidos, tendenciosos e que não vão de encontro com as práticas de alguém vitorioso. Isso não é sobre rotina – algo de extrema importância para que possamos alcançar nossas metas de sucesso – mas sobre não pensar sobre aquilo que fazemos e pensamos. Quando nos comportamos fora do piloto automático somos levados a avaliar, ponderar, escolher, analisar e refletir sobre nosso comportamento. Isso leva mais tempo? Sim, mas tudo aquilo que nos conduz para algum lugar que almejamos precisa de tempo e planejamento.

Mas como sair do piloto automático nas decisões da sua vida? Vou te contar um segredo bem simples: só cabe a você, porque é preciso respirar fundo e entrar em contato com suas características e anseios para a tomada de consciência, que é o primeiro passo para o seu processo de transformação. Se você recupera agora o controle do seu presente, evitará um “desastre” maior no futuro. É necessário olhar para sua vida atual com consciência e responsabilidade e abandonar ilusões que só atrasam a sua evolução.

Rasgue fantasias comodistas ou agradáveis e veja a realidade como uma arma capaz de levar você ao encontro de si mesmo, para que possa tomar as rédeas da própria vida. Se você está desatualizado em relação aos seus estudos e tem essa consciência, então, estude. Está sem tempo para isso? Procure cursos rápidos. Está em dinheiro para pagar? Procure por cursos gratuitos. Não tem como ir presencialmente? Escolha cursos online. A dica é: sempre há um caminho e a única saída é se movimentar.

Se o universo está em movimento, você também precisa estar

Lembra que eu disse acima sobre rotina ser algo de extrema importância para alcançarmos nossas metas de sucesso? Exatamente, mas ela precisa ser saudável, inteligente e isso não impede que você faça pequenas mudanças alternadas, que vão ajudar o seu cérebro a exercitar e sair do piloto automático, afinal, você precisa estimulá-lo. Quem se conforma em cumprir uma rotina de trabalho repetitiva e exaustiva, sem nem pensar direito no que está fazendo também acaba deixando de lado outros aspectos fundamentais para uma vida plena. Todos os dias precisamos pensar em família, saúde, finanças, vida conjugal, bem-estar físico e mental, mas de maneira nenhuma esses itens devem ser preteridos ou mesmo anulados em função apenas do trabalho. Sabe por quê? O alinhamento e a congruência entre todas as partes de nós formam a base para a prosperidade.

É como aquela pessoa que trabalha a vida inteira para enriquecer, mas não cuida da saúde e muitas vezes acaba nem aproveitando o dinheiro que ganhou. Nós somos fruto da família e dos amigos, do trabalho e da carreira, das saúdes física e mental, da nossa espiritualidade, de amor, da vida financeira, de lazer e intelecto. Se você acha que isso faz sentido para sua vida, vou também colocar aqui algumas perguntas que irão confirmar como você vem se comportando em relação às várias áreas da sua vida:

De onde vêm os conceitos que você tem sobre o mundo, sobre a vida, sobre certo e errado?
Será que eles realmente são seus? Ou será que são herdados de pessoas que talvez você nunca tenha conhecido?
Com qual frequência você se dispõe a aprender coisas novas?
Com qual frequência estuda sobre a sua área de atuação? E áreas diferentes?
Você se sente feliz no trabalho? Percebe que explora seus talentos e habilidades?
Está satisfeito com seus ganhos mensais? O valor é suficiente, sobra ou falta?
Você está fazendo aquilo em que acredita ou apenas se conforma com o que está fazendo?
Quando foi a última vez que você prestou atenção na sua respiração?
Todas as decisões que você toma levam a sua vida para um determinado caminho. É crucial, portanto, avaliar tudo que importa para você e distribuir o seu tempo de maneira inteligente, para que conquiste uma vida abundante e próspera em todas as áreas e assim fugir do piloto automático que nos afasta da nossa prosperidade.

Por: Eduardo Volpato

Nascido em Porto Alegre, com 42 anos sendo que aos 12 anos começou a trabalhar com o pai e aos 16, após se emancipar, empreendeu como eletricista batendo de porta em porta e oferecendo pequenos reparos elétricos. Assim iniciou o Grupo Volpato, que veio a se tornar uma das maiores empresas de tecnologia e segurança privada da região sul do país. É formado em Eletrônica e Especialista em Segurança Pública e Privada além de cursar Neurociências e Psicologia Positiva na PUCRS. Atualmente se dedica a ministrar palestras de empreendedorismo e cursos de desenvolvimento humano, além da gestão da empresa Vencer Capacitação e da presidência do conselho de administração do Grupo Volpato. Em abril de 2020, lançou o seu primeiro livro com o título “Decida Vencer”, pela editora Gente, obra que está desde o lançamento como um dos mais vendido do Brasil.
Últimas